Após pressão, prefeito de Juína muda protocolo e autoriza tratamento precoce em casos de COVID-19

Por Reporter em ação - Ivan Pereira 15/07/2020 - 11:23 hs

  O Prefeito Altir Peruzzo, confirmou na manhã de hoje, 15 de julho, que reforçou o estoque de medicamentos para tratamento da COVID-19 em pacientes graves e que autorizou a disponibilização dos mesmos para o tratamento precoce da doença. Até então, pelas orientações do Ministério da Saúde, os medicamentos eram destinados apenas para pacientes graves. Na lista, estão inclusos cloroquina, hidroxicloroquina, azitromicina, ivermectina  e adjuvantes que poderão ser receitados pelos médicos de toda rede básica de saúde desde que aja consentimento do paciente.
 
TRATAMENTO PRECOCE
  Após diálogos com a classe médica, o prefeito informou que o município decidiu seguir as orientações da nota informativa 9/2020 do Ministério da Saúde, que versa sobre “orientações para manuseio medicamentoso precoce de pacientes com diagnóstico da covid-19”. 
 
  A retirada já está autorizada  a partir de hoje na farmácia municipal e no Centro de Triagem da COVID-19 que será inaugurado pela prefeitura na próxima semana com o objetivo de concentrar o atendimento de pessoas suspeitas com a doença e minimizar o fluxo nas unidades básicas, hospitais e UPA.
  
  Há dias a Band Fm Juína vem provocando esse debate e cobrando do prefeito, após ouvir diversos especialistas, postura diferente no tratamento da Covid. Médicos ouvidos pela emissora defendem veementemente o tratamento dos primeiros sintomas da doença. O município já registrou até agora 11 óbitos e 02 casos ainda aguardam confirmação.