Furto de equipamentos na Câmara de Juína vira 'meme' na internet e tatuagem

Por Jna Notícias 06/03/2020 - 17:37 hs

  Nos últimos dias o assunto mais comentado nos grupos de redes sociais em Juína é o furto de equipamentos de som e informática da câmara municipal. O suposto furto teria acontecido no fim do ano passado ou início deste ano, no intervalo entre 23 de dezembro ao dia 03 de fevereiro de 2020.

  O crime, que já está sendo investigado pela polícia civíl, inicialmente foi registrado através de um Boletim de ocorrência On-line no dia 06 de fevereiro, após constatação de que os equipamentos não estavam na câmara, porém, além dos equipamentos listados no boletim, após levantamento patrimonial, surgiram outros equipamentos que também desapareceram e não haviam sido notados, como um notebook que havia sido adquiriro recentemente pelo poder legislativo.

  Muita especulação surgiu por trás do furto, inclusive uma série de “memes” (A expressão meme de Internet é usada para descrever um conceito de imagem, vídeos, GIFs e/ou relacionados ao humor, que se espalha via Internet), como uma imagem de um disco voador sob o prédio da câmara “abduzindo” os equipamentos, a imagem fez tanto sucesso que acabou virando tatuagem, o cidadão Lucas Oliveira reproduziu a imagem em sua perna.

  Lucas Oliveira postou a imagem ao lado da sua tatuagem no seu perfil do Facebook e comentou em tom de brincadeira “que nao suma mais nada porque tatto doi pra caramba”, ao ser questionado sobre o que o levou a fazer a tatuagem Lucas disse que “o desenho é uma homenagem aos parlamentares de Juína”.

  Além das brincadeiras, ocorreram também manifestações na câmara municipal e foram disseminados vários audios e mensagens caluniosas contra os vereadores em grupos de whatsapp e perfis de facebook, alguns vereadores se sentiram constrangidos e registraram boletins de ocorrência na tarde desta quinta-feira. A polícia civil segue investigando o caso.